Não deu certo na primeira tentativa, mas quero tentar de novo! Saiba quanto tempo esperar para realizar um novo tratamento de FIV

RECEBA NOSSOS PRÓXIMOS
CONTEÚDOS EXCLUSIVOS:

    Compartilhe este post

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Apesar das grandes taxas de sucesso, a FIV (fertilização in vitro) nem sempre dá certo na primeira tentativa. Isso acontece porque o procedimento envolve diferentes fatores para ser bem-sucedido.

    Como na gestação natural, o organismo da mulher deve estar apto para receber o embrião, assim como o embrião deve apresentar algumas características essenciais para seimplantar no útero. Quando isso não ocorre, a tentativa da FIV pode falhar. 

    Contudo, a falha na primeira tentativa não significa que a próxima também será frustrada. Por isso, é importante seguir com o procedimento e tentar novamente. A seguir, saiba mais sobre esse assunto e quando é o momento certo para uma nova FIV!

    Quanto tempo esperar para realizar uma nova tentativa de FIV?

    Antes de saber o momento ideal para iniciar a tentativa de uma nova FIV, é importante conhecer os motivos da falha anterior. Novos ciclos podem ser realizados sem necessidade de aguardar. Os tentantes, juntamente com o médico. Os tentantes, juntamente com omédico, definirão quando desejam iniciar nova tentativa, que depende do bem-estar físico e emocional, bem como da programação financeira. A saúde psicológica do casal, especialmente da mulher deve ser sempre considerada. Afinal, a frustração anterior pode causar maior ansiedade ou mesmo a preocupação excessiva com a próxima tentativa, influenciando no seu resultado.O fator emocional tem grande peso no tratamento de reprodução assistida, e não pode ser ignorado.

    Em cada tentativa a FIV é realizada novamente desde seu início. Contudo, a segunda tentativa é feita com ajustes para tentar reduzir as chances de uma nova falha, baseando nas informações do ciclo anterior.Na segunda tentativa de FIV, mudam as chances de sucesso?

    É importante entender que não existe um limite de tentativas para que a FIV dê certo. O número de procedimentos realizados vai depender do desejo, das condições de saúde e das características de cada casal.

    A cada nova tentativa, o médico deve orientar quanto às futuras possibilidades em relação às anteriores, e indicar quando o tratamento deve ser mudado. Na segunda tentativa de FIV, as chances de sucesso podem sim, ser maiores, pois:

    • Realizar um tratamento logo após o outro pode fazer com que o estímulo gerado na primeira tentativa gere óvulos para a segunda;
    • Como na segunda tentativa a equipe médica já conhece a paciente e sabe como ela respondeu, opções que não irão funcionar consequentemente são descartadas;
    • Mudanças de hábitos, como alimentação saudável, parar de fumar e se manter tranquila durante o tratamento também podem ser associadas a maiores chances de sucesso na tentativa de FIV.

    Motivos que podem levar a falha na FIV

    A principal causa de uma FIV não ser bem-sucedida é a falha da implantação do embrião. Isso pode acontecer tanto em tratamentos de reprodução assistida como em uma gravidez espontânea, uma vez que em ambas existem condições relacionadas à qualidade do embrião e à receptividade do endométrio para que a implantação do embrião aconteça.

    Somente uma reavaliação médica pode apontar as reais causas e caminhos a se trilhar. No caso de má qualidade dos óvulos, uma alternativa é a ovodoação, ou seja, receber os óvulos de outra mulher.

    Se a barreira for no endométrio, uma opção pode ser o cultivo de pré-embriões até o estágio de blastocisto – atingido no quinto dia do embrião, quando a cavidade interior do embrião, chamada blastocele, apresenta células que darão origem à placenta e ao feto. No cultivo dos pré-embriões, óvulos e espermatozoides são unidos em laboratório após a FIV, e o pré-embrião se desenvolve em laboratório com condições adequadas. 

    Isso dura por um período que varia entre 2 e 6 dias, até o dia da transferência para o útero ou congelamento. Além disso, outros fatores podem influenciar o sucesso da FIV, como a  idade da mulher, a qualidade dos espermatozoides e dos óvulos.

    A idade da mulher influencia considerando que mulheres com idade avançada passam a produzir óvulos de menor qualidade, com menores chances de gerar gravidez saudável. .

    Por que a cada tentativa melhoram as chances de sucesso?

    As chances de sucesso em uma FIV melhoram após uma tentativa que não teve sucesso por diferentes motivos. Após a falha, a equipe médica vai tentar identificar possíveis causas, direcionando a próxima tentativa de forma a evitar os mesmos problemas. . Além disso, os profissionais já sabem como o organismo da mulher responde aos medicamentos, conhecendo as opções que podem ser descartadas.

    Viu como é importante continuar tentando depois que a primeira FIV não deu certo? Com a ajuda de uma clínica especializada, o procedimento pode ser realizado com segurança e acolhimento, envolvendo profissionais qualificados e com experiência na área.
    Quer saber mais sobre este assunto? Então, veja como planejar sua FIV no momento de pandemia!

    Baixe agora nosso e-book com o tema Trintou Congelou

    Para ler

    Em seguida

    Português do BrasilEnglishEspañol