Quais cuidados devem ser tomados após a transferência de embriões

A transferência embrionária é o passo final no processo da FIV. 

É um momento de otimismo que surge depois de muitas etapas e muitas ansiedade.

 Mas também é momento de expectativa e, pois 12 dias depois da transferência será feito o exame de sangue (beta-hcg) que vai confirmar a tão sonhada gravidez.

Vamos falar um pouco sobre isso no artigo de hoje:

A importância do repouso

Um dos que gera mais dúvidas nas pacientes é a necessidade de repouso após a transferência embrionária.

O repouso é a medida mais conservadora e cautelosa para o tratamento. O raciocínio é de que quanto menos esforço, menor o risco dos embriões se deslocarem no útero, e maiores as chances de implantação.

O repouso é uma forma de evitar que seu corpo passe por algum trauma que pode levar a não implantação. Todo cuidado é pouco nessa etapa tão delicada do tratamento.

O que deve ser evitado após a transferência de embriões?

Existem algumas ações que devem ser evitadas para não comprometer o tratamento. Vamos a elas:

  • Bebida Alcoólica
  • Cigarro
  • Medicamentos sem prescrição médica
  • Atividade Física
  • Drenagem linfática

É importante nesta etapa que o corpo da paciente tenha condições para concluir o tratamento da melhor maneira possível.

Evitar a ingestão de álcool, cigarro e, principalmente, evitar ingestão medicamentos sem prescrição médica podem comprometer o tratamento.

Por quanto tempo o repouso deve se manter

O ideal é que a paciente permaneça em repouso de 24 a 36 horas após a transferência embrionária.

Essa é uma forma de precaver sobre qualquer elemento que possa influenciar no tratamento.

Após esse período é importante consultar um médico antes de retornar às atividades comuns da rotina do dia a dia.

Quanto tempo leva para saber se o tratamento deu certo?

O casal, provavelmente, estará muito ansioso pensando no sucesso da transferência do embriões nos dias seguintes ao procedimento.

Mas ainda será necessário aguardar alguns dias.

O recomendado é que a mulher espere, em média 14 dias antes de fazer o exame de sangue que comprova a gravidez, chamado Beta-HCG. 

Quer saber mais?

Gostou do nosso conteúdo? Não deixe de ler mais artigos aqui no nosso blog!

Equipe Médica Revisora do Texto

Dr. Ricardo Marinho, Dra. Hérica Mendonça, Dra. Leci Amorim, Dr. Fábio Peixoto, Dra. Luciana Calazans e Dr. Leonardo.