O cálculo do período fértil é importante para quem faz a FIV

Calcular o período fértil da mulher é essencial para a realização da FIV, pois, somente durante este período é que é possível ocorrer a gravidez. É comum, em casos de gestações não planejadas, que a pessoa acredite que ela aconteceu fora do período fértil, entretanto, isso é um engano. 

Relações sexuais que ocorrem alguns dias antes do período fértil podem levar a gravidez porque os espermatozoides conseguem sobreviver alguns dias dentro do sistema reprodutor feminino. Além disso, quando a mulher tem o ciclo menstrual irregular fica mais difícil calcular a época da ovulação, ou seja, o período fértil.  

Mas e no caso de reprodução assistida? O que o período fértil tem a ver com a FIV e porque o seu cálculo faz parte do tratamento? Confira o nosso post e aprenda mais sobre esse assunto. 

O que é o período fértil

A vida fértil da mulher se inicia na puberdade, normalmente em torno dos 12 a 14 anos, quando ela tem o seu primeiro ciclo menstrual. A partir de então,ela irá  ovular uma vez por mês, que é quando o organismo libera ao menos um óvulo para ser fecundado. 

Os hormônios FSH e LH, produzidos na hipófise, e o estrogênio e a progesterona, produzido pelos ovários, são os responsáveis pela liberação do óvulo e por preparar o útero para uma possível gestação. 

Esse momento, em que o óvulo está disponível para que ocorra a fecundação, é que é denominado o período fértil. Para mulheres que estão tentando engravidar, conhecer quando ocorre seu período fértil é essencial, por isso é importante anotar os dias da menstruação e conhecer o seu ciclo. 

Em um ciclo regular, que tem cerca de 28 a 30 dias, a ovulação acontece entre 14º e 16º dia, contando a partir da data da última menstruação. Após liberado, o óvulo possui um tempo de sobrevivência entre 24 e 72 horas dentro do corpo da mulher, ou seja, em torno de três dias, e é esse tempo que é caracterizado como o período fértil. 

Fases do ciclo menstrual

Para compreender melhor o período fértil é necessário entender como funciona o ciclo menstrual, ele é dividido em três fases: folicular, ovulatória e lútea. 

  1. Fase folicular: nesta primeira fase, ocorre o estímulo do crescimento dos folículos para que o óvulo seja liberado, posteriormente. 
  2. Fase ovulatória: como o próprio nome indica, este ó o momento da ovulação, quando o óvulo sai do ovário para as tubas uterinas, podendo ser fecundado. 
  3. Fase lútea: o folículo, que anteriormente abrigou o óvulo, transforma-se em corpo-lúteo. Sua função é preparar o útero para a gravidez, secretando progesterona e estrogênio. A liberação destes hormônios torna as paredes do endométrio mais espessas, facilitando a implantação do embrião no útero. 

Caso a fecundação não aconteça, há a descamação do endométrio que é o que leva ao sangramento menstrual e dá início a mais um ciclo. 

Como calcular o período fértil

O cálculo do período fértil pode ser feito de maneira simples, no caso de mulheres que têm o ciclo menstrual regular, entretanto, quando ele é irregular é preciso ter uma atenção redobrada aos sintomas que indicam a fase da ovulação.

Ciclos regulares

Como explicamos, o ciclo menstrual regular dura em torno de 28 a 30 dias, portanto o período fértil acontece entre o 14º e 16º dia, após a última menstruação. Para calcular o período fértil, então, o que se deve fazer é anotar a data em que você menstruou e contar 14 dias, se o seu ciclo for de 28 dias, ou até 16, se for de 30. 

Ciclos irregulares

No caso dos ciclos irregulares, conhecer o seu corpo se torna ainda mais essencial, pois são os sinais que ele envia que te ajudarão a identificar se você está no período de ovulação. Além disso, para ter uma base melhor de quando você irá ovular, recomenda-se analisar a duração de ao menos os últimos três ciclos anteriores. 

Por exemplo, se eles tiveram a duração de 34, 35 e 36 dias, você consegue ter uma data mais aproximada de quando será seu período fértil. Para isso, basta subtrair 14 dias do total, pois, o número de dias da  fase pré-ovulatória pode variar, mas o da fase pós ovulatória não muda.

Ou seja, em um ciclo de 36 dias, o período fértil seria o 22º dia. Entretanto, como não é possível ter certeza nesses casos é aconselhável observar alguns sinais do corpo, que são indicativos da fase da ovulação, tais como: 

  • Aumento da libido;
  • Alteração do muco vaginal: ele é liberado em maior quantidade, além disso fica mais fluido, viscoso e elástico, para facilitar que o espermatozoide chegue ao útero e aconteça a fecundação do óvulo 
  • Dores nas mamas
  • Dores no baixo ventre 

Período fértil x FIV

Agora que você já compreendeu mais a respeito do período fértil, deve estar se perguntando qual a relação dele quando o assunto é fertilização in vitro, a FIV, não é? É bem simples, os óvulos serão coletados no período fértil da paciente.

Ela irá tomar injeções de hormônios por cerca de 10 dias para estimular produção de vários óvulos maduros e, ao mesmo tempo, impedir que haja uma ovulação espontânea, aumentando as chances de sucesso do procedimento.

Durante esse período é feito o acompanhamento do desenvolvimento dos óvulos por meio do ultrassom vaginal, o que permite determinar o melhor dia para a coleta destes.

Quer saber mais?

O que você achou do nosso post? Tem alguma dúvida sobre a FIV? Mande a sua pergunta pra gente.

Agendar Consulta

Equipe Médica Revisora do Texto

Dr. Ricardo Marinho, Dra. Hérica Mendonça, Dra. Leci Amorim, Dr. Fábio Peixoto, Dra. Luciana Calazans e Dr. Leonardo.