Testes de gravidez caseiros: Posso confiar neles?

Enquanto alguns casais aguardam ansiosamente pela confirmação de que um bebê está a caminho, outros são pegos totalmente de surpresa com a chegada de um novo membro à família. Independentemente de quais sejam os planos do casal sobre ter filhos, a dúvida sobre o fato de a mulher estar ou não estar grávida gera grande expectativa. Um simples atraso na menstruação é o suficiente para que ideias mirabolantes venham à tona.

Toda essa expectativa pode levar o casal a realizar testes de gravidez caseiros e tirar conclusões erradas sobre a situação que estão passando. Mas será que eles são mesmo confiáveis? Conheça alguns dos testes caseiros mais famosos e a resposta a essa pergunta no post de hoje.

Os testes de gravidez caseiros mais famosos

Água sanitária

Nesse teste, a mulher deve urinar dentro de um recipiente e logo em seguida adicionar água sanitária. Caso haja mudança da cor da urina ou uma efervescência, o resultado é positivo. Caso contrário, é negativo.

Óleo de pinho

Esse teste requer que a mulher urine em um recipiente e misture uma quantia de óleo essencial de pinho. Se a mistura mudar de cor, o resultado é positivo.

Agulha

Para a realização desse teste, a mulher precisa pegar um recipiente, colocar uma agulha dentro dele e urinar. Após isso, o recipiente deve ser fechado por oito horas. Passado esse período, se agulha mudar de cor o resultado pode ser considerado positivo.

Cloro

A mulher deve urinar em um copo descartável e logo após adicionar cloro sobre a urina, se a coloração resultante da mistura for escura o resultado é positivo, caso a mistura não apresente alteração de coloração o resultado é negativo.

Fervura da urina

Para fazer esse teste, a mulher deve ferver a urina, de preferência em um recipiente de alumínio. Caso a urina ferva de modo semelhante ao do leite, ou seja, levantar e formar uma substância parecida com uma nata, então o resultado é positivo. Se a urina apresentar uma fervura como a da água, ou seja, ficar apenas borbulhando, então o resultado é negativo.

A opinião de especialistas

Ginecologistas destacam que esses testes caseiros de gravidez podem ser considerados apenas como crenças populares. Todos servem apenas para amenizar ou diminuir a ansiedade e não podem ser considerados confiáveis, pois não há qualquer tipo de comprovação ou lógica cientifica. Os testes de gravidez comprovados cientificamente são os testes de sangue e de urina.

Sangue

O teste de sangue é capaz de detectar o hormônio da gravidez — o HCG — poucos dias depois da fecundação, ou seja, no surgimento dos primeiros sintomas de gravidez, antes mesmo do atraso menstrual.

Urina

O teste de urina é mais confiável a partir do momento em que há um atraso da menstruação. Porém, se a gravidez ainda estiver em estágio inicial, os níveis de HCG na urina podem ser pequenos e não ser detectados pelo teste, gerando assim um resultado falso negativo em um momento em que a mulher está grávida. Por outro lado, se o resultado do teste de urina for positivo, então realmente a mulher está grávida.

ebook

Em caso de teste de urina positivo, é recomendado ao casal que procure um ginecologista, que provavelmente solicitará um exame de sangue realizado em laboratório a fim de realmente comprovar a gravidez. Testes caseiros devem ser evitados, ou então realizados apenas como forma de descontração e brincadeira entre o casal, sem qualquer esperança de resultado correto.

Você já fez ou conhece alguém que tenha feito um teste de gravidez caseiro? Qual foi feito e qual foi o resultado obtido? Conte pra gente essa história nos comentários.

Equipe Médica Revisora do Texto

Dr. Ricardo Marinho, Dra. Hérica Mendonça, Dra. Leci Amorim, Dr. Fábio Peixoto, Dra. Luciana Calazans e Dr. Leonardo.