Início > Procedimentos > Biópsia Percutânea

Biópsia Percutânea

A Biópsia Percutânea é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo a retirada de espermatozóides para a realização de fertilização in vitro ou mesmo para congelamento de gametas. É indicada em casos de azoospermia não-obstrutiva, ou seja, quando o motivo da ausência de espermatozóides é a produção insuficiente destes gametas pelo testículo. Se a retirada de gametas tiver como objetivo a fertilização, a retirada deverá ser sincronizada com o ciclo de FIV.

Trata-se da retirada cirúrgica de um pequeno fragmento de tecido testicular utilizando uma agulha especial chamada “tru-cut”. Este material é entregue a uma bióloga ainda na sala cirúrgica para avaliar a presença ou não de espermatozóides. O processo é repetido até que se encontre gametas suficientes para a fertilização in vitro. Este procedimento que e feito sob anestesia local, pode ser realizado somente em um dos testículos, unilateral ou nos dois, bilateral.

Vantagens:
  • Custo baixo
  • Procedimento minimamente invasivo, percutâneo
  • Não há necessidade de internação
  • Anestesia local
  • Não requer cirurgião com experiência e habilidade microcirúrgica

Desvantagens:
  • Não é confiável uma vez que o procedimento é realizado às cegas
  • Maior risco de alterações agudas e crônicas que a TESE e Micro-TESE


Disponível em

Belo Horizonte

(31) 3292.5299

Pouso Alegre

(35) 3422-9302

Entre em Contato

Fale Conosco
Agende Consulta
Etapas Preparo Pós Procedimento Dúvidas Frequentes
  1. Discussão de todas as alternativas
  2. Realização de exames pré-operatórios
  3. Sincronizar procedimento com a punção ovariana, no caso de fertilização in vitro
  4. Definição do dia do procedimento
  5. Realização do procedimento
  6. Conduta pós-operatória


Não existe preparo para este procedimento.


  • Dieta livre após o procedimento
  • Recebe alta da clínica logo após término do procedimento
  • Repouso relativo domiciliar nos primeiros dois dias, período que também deverá colocar bolsa de gelo sobre o escroto para evitar edema excessivo
  • Deverá usar um suspensório escrotal por 10 dias
  • Retorno ao trabalho quando se sentir confortável, em média em torno de 5 dias
  • Evitar exercícios ou esforço por 2 semanas
  • Relações sexuais após 10 dias
  • Cuidados com a higiene da ferida operatória já a partir do dia seguinte a cirurgia
  • Reavaliação pós-operatória com o cirurgião uma semana após o procedimento
 
 

Curta a nossa página

Acompanhe as novidades na página do Facebook

Sobre a Pró-Criar

 

Belo Horizonte
(31) 3292-5299 / (31) 2533-3800
Pouso Alegre
(35) 3422-9302
Desenvolvido por ACESSOWEB DESIGN