Início > Tratamentos > Biópsia Microcirúrgica (Micro TESE)

Biópsia Microcirúrgica (Micro TESE)

Indicação

Disponível em

Belo Horizonte

(31) 3292.5299

Pouso Alegre

(35) 3422-9302

Entre em Contato

Fale Conosco
Agende Consulta
Descrição Chances Etapas Mitos e Verdades Dúvidas Frequentes Emocional Depoimentos
A Microdissecção Testicular (Micro-TESE) é tem como objetivo a retirada de espermatozóides para a realização de fertilização in vitro ou mesmo para congelamento de gametas. É indicada em casos de azoospermia não-obstrutiva, ou seja, quando o motivo da ausência de espermatozóides é a produção insuficiente destes gametas pelo testículo.Se a retirada de gametas tiver como objetivo a fertilização, a retirada deverá ser sincronizada com o ciclo de FIV.

Trata-se da dissecção do tecido testicular com auxílio de um microscópio cirúrgico com aumento de até 25X com o intuito de encontrar túbulos seminíferos mais dilatados e brancacentos onde a produção de espermatozóides pode estar ocorrendo. Este túbulo é removido e, após preparo, o material é entregue a uma bióloga ainda na sala cirúrgica para avaliar a presença ou não de espermatozóides. O processo é repetido até que se encontre gametas suficientes para a fertilização in vitro. Em diversos casos, deve-se dissecar os dois testículos até que se encontre os espermatozóides.

O processo da Micro-TESE é trabalhoso e longo, mas tem como recompensa o encontro de espermatozóides suficientes para a ICSI em 50% a 60% dos pacientes.

Vantagens:
  • É confiável, pois é o melhor método para aqueles casos de azoospermia não-obstrutiva
  • O material retirado é “limpo”, ou seja, livre de células de sangue
 
Desvantagens:
  • Custo mais alto
  • É um procedimento cirúrgico aberto, ou seja tem uma incisão do escroto
  • Necessidade de internação em regime de hospital-dia
  • Necessidade de anestesia do tipo bloqueio (raqui ou peridural) ou anestesia geral
  • Requer cirurgião com experiência e habilidade microcirúrgica
 

  1. Discussão de todas as alternativas
  2. Realização de exames pré-operatórios
  3. Sincronizar procedimento com a punção ovariana, no caso de fertilização in vitro
  4. Definição do dia do procedimento
  5. Internação e realização do procedimento
  6. Conduta pós-operatória

Curta a nossa página

Acompanhe as novidades na página do Facebook

Sobre a Pró-Criar

 

Belo Horizonte
(31) 3292-5299 / (31) 2533-3800
Pouso Alegre
(35) 3422-9302
Desenvolvido por ACESSOWEB DESIGN