Aborto Espontâneo: conheça alguns sinais que podem indicar um aborto

O aborto espontâneo é mais comum nos 3 primeiros meses de gravidez, chegando a atingir até 20% das mulheres grávidas. Como isso normalmente acontece no início da gestação, muitas vezes a mulher ainda nem percebeu que estava grávida e não considera isso como aborto. Mas afinal, quais os sinais que podem indicar uma interrupção da gravidez? Confira os os principais sinais aqui no post!

Sangramento vaginal

A perda de sangue pela vagina durante a gravidez é o principal sinal do aborto, já que ocorre devido à descamação da parede uterina na qual o embrião havia nidado. Mas calma, que nem todo sangramento durante a gravidez é sinal de aborto! Geralmente, ele está associado a um sangramento de maior porte acompanhado por dores fortes, aumentando de intensidade até se completar.

Menstruação atrasada

Se o aborto ocorre bem no início da gravidez, por volta da data da próxima menstruação, e a mulher ainda não desconfiou da gravidez nem realizou um teste caseiro, é comum que ela entenda o sangramento como apenas isso: uma menstruação atrasada. Assim, muitas vezes, se ocorreu uma relação sexual desprotegida durante o período fértil e a menstruação ocorre em uma data inesperada, tendo um aspecto diferente dos outros meses, há uma chance de que na verdade se trate de um aborto espontâneo.

Cólicas

Assim como durante a menstruação o útero se contrai para expelir o sangue, durante o aborto as contrações uterinas visam eliminar o feto e a placenta, limpar o útero e voltá-lo ao tamanho normal para reduzir o sangramento. Por isso, é comum que o aborto esteja associado a dores em cólicas constantes ou intermitentes.

Eliminação de um material sólido

O aborto só se completa quando há a eliminação do feto. Se isso ocorre no início da gravidez, o feto é tão pequeno que consegue ser expelido apenas com as contrações do útero, sendo eliminado no meio do sangramento. Por isso, é comum que as mulheres que tiveram aborto espontâneo relatem que observaram algo semelhante a um grande coágulo de sangue.

Fim dos sintomas de gravidez

Se a náusea, a sensibilidade das mamas e outros sintomas da gravidez desaparecem de repente após um sangramento vaginal, a chance de o aborto ter ocorrido é grande, indicando que o corpo da mulher retornou ao seu estado habitual, sem os hormônios da gestação.

Ausência de movimentos fetais

Nos abortos que ocorrem após a 20ª semana, época em que as mulheres começam a sentir o movimento fetal, o desaparecimento desse movimento por mais de 5 horas seguidas pode indicar o aborto.

Independentemente de qualquer sinal, o aborto só pode ser confirmado após um exame médico. Por isso, em caso de suspeita, procure um serviço de saúde.

Atenção!

As vezes o sangramento vaginal ocorrendo no 1º trimestre de gravidez pode ser sinal que o embrião se implantou fora do útero, mais comumente em uma das trompas. Por isto é importante entrar em contato com seu médico. Ficou alguma dúvida? Deixe um comentário para a gente!