Veja chás que ajudam na reposição hormonal

A menopausa é uma das fases mais importantes da vida da mulher e ocorre normalmente entre 40 e 55 anos. Ela é causada pelo declínio e cessação da fertilidade feminina, devido à diminuição dos óvulos viáveis do ovário. Quando esse processo ocorre, uma série de mudanças físicas e mentais se faz presente no organismo, principalmente guiadas pelas bruscas e grandes mudanças hormonais comuns do período.

A menopausa pode vir com sintomas desagradáveis e até mesmo traumáticos para uma mulher, como ressecamento vaginal, perda da libido, depressão, ondas de calor, insônia, dores musculares, entre outros. Por isso, vários tratamentos farmacológicos são procurados por mulheres em menopausa, que visam substituir os hormônios que abaixam de nível nesta fase da vida.

Entretanto, estudos recentes mostram que existem opções naturais (e com menos efeitos colaterais) que podem cumprir o papel dessa reposição hormonal. Por isto, separamos uma lista com chás de ervas naturais que podem ajudar com os sintomas que mencionamos, para que a menopausa seja encarada com maior tranquilidade e qualidade de vida. Confira!

Chá de folha de amoreiras

Esse chá medicinal teve origem há vários séculos na medicina oriental e vários estudos modernos demonstraram seus benefícios nos últimos anos. A folha de amoreira tem vários compostos químicos que ajudam a regular os hormônios femininos, além de propriedades que amenizam os sintomas mais desagradáveis da menopausa. O alto teor de cálcio da folha também ajuda a repor o mineral no organismo e a evitar uma das doenças mais comuns que são predispostas pelo declínio hormonal: a osteoporose.

Além disso, o chá também ajuda a combater a hipertensão e o diabetes (duas doenças muito comuns da meia-idade) e seus antioxidantes também funcionam para prevenir alguns tipos de câncer. Pessoas que consomem o chá rotineiramente também relatam melhora da qualidade do sono, maior disposição física e diminuição da ocorrência de doenças infecciosas.

O chá pode ser consumido quente ou frio (de preferência em menos de 24 horas após ser feito) e a infusão é normalmente feita com uma colher de sopa de folhas de amoreiras secas em um litro de água.

Chá de aquileia, alquemila e sálvia

Esse chá é composto por três ervas com efeitos sabidamente positivos sobre os sintomas da menopausa. A sálvia tem propriedades calmantes, antioxidantes e ansiolíticas. A alquemila melhora o trânsito intestinal e seus flavonoides ajudam a repor níveis hormonais. A aquileia ajuda a manter a hidratação natural da pele, que fica dificultada na menopausa, e tem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

O chá deve ser feito misturando-se as três folhas em um recipiente com tampa até que ressequem. Quatro colheres de chá da mistura são suficientes para serem infundidas em um litro de água.

Chás de reposição hormonal não são as únicas opções

Além dos chás descritos acima, a adição de linhaça e soja na alimentação, assim como o consumo do suco natural de couve-flor e cenoura, tem sabidos efeitos contra os sintomas da menopausa. É importante lembrar que essas opções naturais têm poucos ou nenhum efeito colateral e trazem benefícios para praticamente qualquer mulher.

Apesar disso, esses chás devem ser vistos como um tratamento alternativo para a menopausa e não como uma opção principal; dessa forma, seu consumo deve coexistir com o aconselhamento e tratamento médico tradicional.

Gostou de saber mais sobre os chás de reposição hormonal? Deixe seu comentário ou dúvida aqui!